quinta-feira, 8 de janeiro de 2015

Uma expedição pelo Central Park!

Cara ragazza!!

Ontem acordei com uma "pica" descomunal para enfrentar o frio Nova Iorquino! Um fenómeno bastante raro em mim é certo... Em Lisboa bastavam cair uns aguaceirozitos, relampejar ou trovejar um bocadinho para desejar ficar na cama para sempre! Vai daí, equipei-me a rigor: camisola de lã, o meu vison, o quispo do namorado, leggings polares, calças, dois pares de meias, cachecol/manta e luvas, e lá fui eu realizar a minha primeira expedição na neve! Confesso que nunca bati dente, mas também nunca tive calor... Os únicos momentos do dia em que ia congelando uma parte do corpo (a mão direita) foi quando Deus me castigou quando não fui capaz de aguentar a curiosidade de não ler as mensagens dos familiares e amigos! Mas sabem que mais?! Souberam-me pela vida! Afinal, em nenhum segundo me senti sozinha, tudo porque houve tempo para mensagens com o namorado, video-chamadas com o pai, mãe, mano, avós, tia, e muitas e muitas mensagens através do facebook e instagram. Por outras palavras, nem quero imaginar o que seria de mim sem estas ferramentas todas ao meu dispor! 
Outra coisa boa do dia é que não gastei um único dólar e passeei que me fartei!! O passe já cá canta desde que aqui cheguei, o mensal só de metro custa $112, mas para quem vem apenas uma semana existe um para sete dias que custa $30 - e compensa sempre se ficarem a dormir fora da ilha ou durante o inverno! Porque mesmo as pequenas distâncias se tornam insuportáveis com o frio! Em relação ao petisco, prepará-lo em casa e levá-lo connosco na mochila é meio caminho andado para um dia low-cost, porque qualquer tipo de refeição na rua fica sempre entre os $5-$10. Logo, só restam as megas fatias de pizza ($1) ou cachorros ($1,5) para matar a fome, mas convínhamos que todos os dias não há saúde nem carteira que aguente... Porque com esse dinheiro compro 5/6 bagels e tenho pequeno-almoço para a semana toda, igualzinho ao do Starbucks! Então levei comigo uma sandwich com cream cheese, uma tangerina e a minha latinha das bolachas e estive saciada o dia inteiro! Mas claro, quando cheguei a casa lambuzei-me numa massa com pasta de tomate e salsichas italianas - e eu a achar que as salsichas eram uma especialidade dos "Merkelanos"... 
Posto isto, deixo-vos com as fotografias do dia!



Pequeno-almoço - Ainda em jejum um copo de água quente com umas gotas de limão. Depois de vestida, um bagel com manteiga e um caneca de leite de amêndoas.

video

A minha viagem até Manhattan leva mais ou menos 30 minutos e a meio tenho esta vista! Altura em que canto sempre baixinho: "Concrete jungle where dreams are made of!" - A selva de pedra onde são feitos os sonhos!


O metro deixou-me na 57th St com a 7th Ave, e é este o primeiro impacto...










E porque o leite do pequeno-almoço já andava às voltas na minha bexiga, lá fui eu à "casa-de-banho" de serviço da 5th Ave - Apple Store. Mas realmente é a única nas redondezas que não tem filas e está sempre limpa, e "como?" perguntam vocês. Porque não há qualquer sinal na loja a indicar que ela existe! 















Esta imagem é actualmente o meu papel de parede do iPhone!


Como em NY a bateria da minha maçazinha se evapora... Fui obrigada a refugiar-me no American Museum of Natural History para carregar as suas baterias e as minhas também! Enquanto esperava, lembrei-me que estava esganada de fome, o que me fez engolir a sandwich num ápice!


Um texto do Presidente Theodore Rooselvet que poderia ter sido perfeitamente escrito a pensar no dia de hoje, um dia cinzento para a liberdade expressão. Um dia cinzento para todas as pessoas que pensam pelas suas próprias cabeças! 
 "Je suis Charlie"!











Finalmente descobri a famosa ponte romântica dos filmes!












O primeiro jogo dos Nets desde que cá cheguei! 
Escusado será dizer que a vizinhança estava ao rubro!


O descanso da guerreira!

 

Ontem a sensação térmica foi de -12ºC, espero que os -21ºC 
que estão previsto para hoje sejam um pequeno erro informático!

14 comentários:

  1. Adorei as fotos! :D

    http://janeiroemparis.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  2. Os teus posts podiam ser intitulados "welcome to Loserville". Estás um bocado lonely por aí, não?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não querido anónimo não estou! Aliás, só está sozinho quem não gosta da sua própria companhia! E eu A-DO-RO passear sozinha e andar ao meu próprio ritmo. Comer se me apetecer e ir ao limite das minhas forças. Não gosto de fazer este tipo de coisas a "reboque" de alguém! Porque toda a gente tem ritmos diferentes e desejos diferentes para se distrair! Poderia fazer este ou qualquer outro passeio acompanhada, porque já conheci mais gente aqui em duas semanas que num ano em Portugal. Por isso senhor anónimo vá propagar o seu veneno para outra freguesia porque os seus comentários a mim não me aquecem nem me arrefecem! Seu loserdatugólandia!

      Eliminar
    2. Aqui o unico loser, frustrado e sozinho é o anonimo. Desde quando se tem que passear acompanhado? A Joana não está nem nunca vai estar sozinha, ao contrario do anónimo, que pelos vistos tem uma vida tão miserável que perde tempo a vir aqui deixar comentários. Arranje uma vida!

      Eliminar
    3. O loser de serviço esqueceu-se que eu vim para cá viver e não para fazer um intercâmbio com excursões diárias. Enfim Diana! Mal ele sabe a nossa vida e correria todos os dias e ficava de bafos de fora! HAHAH

      Eliminar
  3. "...Now you're in New York!
    These streets will make you feel brand new
    Big lights will inspire you…"
    Estas são as minhas frases preferidas da musica, porque sim, Nova Iorque cansa pelo barulho e pela confusão.. mas a energia que tem passa para nós assim que aí pousamos o pé

    Beijinhos e aproveita (:

    1495 A.N.M

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Completamente!!! O ruído e as luzes são intensas, mas ao mesmo tempo são elas que nos fazem apaixonar e vibrar com isto! :D

      Eliminar
  4. Fotos tão lindass!!

    Olha quando fui a NY, comprei esse passe de metro para 7 dias e também dava para os autocarros! É bastante útil para distancias mais curtas!

    Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Tenho que experimentar os autocarros! Mas já estou tão habituada ao metro que até vai parecer estranho andar no tráfego da cidade! Lá em baixo não há sinais vermelhos, peões na passadeira, filas, etc, etc, etc... lool Beijinhos

      Eliminar
  5. Obrigada por partilhares connosco o teu dia-a-dia em NY. Visitei NY o ano passado e claro fiquei apaixonada. Reconheço alguns sítios através das tuas fotos.
    Trazes-nos ( e a Diana também) bocadinhos de NY todos os dias e é tão bommmmmmm. Sempre senti curiosidade, não sobre NY, mas sim sobre VIVER EM NY. Convosco sempre temos uma ideia, embora pequenina, eu sei que a realidade será sempre muito mais arrebatadora, mas sempre é uma ideia!
    Continuem por favor.
    Mais uma vez obrigada.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Oh que amor!! Prometo tentar o máximo possível da minha experiência porque durante muito tempo também sonhei acordada com o blog da Di! :D Um beijinho enorme e se eu falhar com a minha promessa cobre-me!

      Eliminar
  6. Agora fizeste-me lembrar as minhas expedições, sozinha, à cidade de Londres. Oh, saudades.
    Adorei todas as tuas fotografias e a que tens como ambiente de trabalho do teu iphone é realmente bonita *.*

    Ficarei à espera de novas expedições :D*

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Heheheh tu tambéns tinhas imensos parques na cidade para fazer estas expedições de inverno!! :D Hoje ainda não parou de nevar!! Imagino como estará o Central Park agora!!! Só mesmo com botas e casacos para a neve!! heheh Beijinhos!!!

      Eliminar